3 exercícios em inglês para aprender com música

Aprender inglês não é das tarefas mais fáceis desse planeta, mas também está longe de ser a pior tarefa da sua vida. Sabe, pode ser inclusive divertido, se você, assim como eu, for amante de música. Pode ser farofa, pode ser heavy metal, pode ser heavy-farofa. Não tem erro. E hoje, vou te mostrar 3 exercícios em inglês para você começar agora mesmo.

Há alguns dias, nós falamos sobre um passo a passo bem bacana para você aprender inglês com música. Sendo assim, vou abrir um pouco o leque e mostrar alguns outros exercícios que você pode fazer para aprender inglês usando outras ferramentas que a gente usa inclusive em aula – basicamente, inglês online e de graça. Vamos lá?



1 – Lyricstraining

shallow e o quê?

Se você gosta de karaokê, mas tem vergonha/preguiça/vergonha alheia de ir para um, você pode apelar para um karaokê escrito. O Lyricstraining é exatamente isso: o clipe vai passando, você vai ouvindo e tem que se virar para completar a letra. Quanto mais você conseguir, mais pontos você faz, maior seu bônus e, portanto, maior sua pontuação. “Fill in the gaps” é um dos exercícios em inglês que nós professores mais utilizamos, até hoje, para música.

Além disso, o site tem um sistema de pontuação global. Se você praticar bastante, você pode acabar parando no ranking global! Aprende inglês, aprende a escrever em inglês e uma estrela nasce (pun intended).



2 – Scaffolding (¿qué?)

Scaffolding (ou “andaime”, em português) é um conjunto de técnicas (aqui, exercícios em inglês) que a maioria dos professores, das mais variadas áreas, utilizam quando um aluno está com dificuldade em alguma coisa.

Leia também:  Trava na fala? Como se livrar dela em 4 passos

Tente lidar 3x com um texto que você não consegue entender sozinho e chute a privada 2x, você automaticamente invoca um professor que vai fazer scaffolding com você.

Simply put: nós, professores, tentaremos facilitar o texto – sem traduzir – para que você consiga, por meio de cognatos, estruturas mais simples, vocabulário menos rebuscado, etc, construir uma base (um andaime) para ir “subindo” no texto e construir o significado completo dele.



Como isso se relaciona com um exercício em inglês que você pode fazer em casa sozinho e com música?

Simples: busque o significado da música. Primeiro, ouça, veja o que você consegue. Não foque em palavras soltas (ainda), foque na ideia principal. Entendeu? Perfeito, siga buscando sinônimos para as palavras que você não entende. Não entendeu? Scaffolding. Existem alguns sites especializados em explicar o significado das músicas. O que mais gosto chama “Song Facts”. Aqui, você tem a explicação de uma música que eu gosto bastante, chamada “45”, do Shinedown.

“The song is basically about the day that you wake up and you look at yourself in the mirror and you finally decide that you want to try to become comfortable in your own skin, and realize that you’re gonna have to make yourself happy before you’re going to make anyone else happy.”

Essa é a explicação da letra. Foque no que você consegue entender sem muita dificuldade (marquei algumas palavras em negrito para facilitar). Entendendo que a música é sobre “decidir ser a sua própria fonte de felicidade, antes de tentar fazer alguém feliz”, você consegue voltar para a letra em si e compreender a música como um todo com MUITO mais facilidade! Quanto mais você compreender o significado da música, e não somente das palavras, mais longe você chega nesse exercício em inglês.

Leia também:  O que considerar na hora de escolher um curso de inglês in-company?



3 – Cante junto

Isso mesmo. Solte essa voz. De nada adianta você ter decorado toda a letra escrita no passo 1, entendido toda a letra no passo 2, mas simplesmente não conseguir por ela pra fora cantando. Lembre-se que inglês falado e inglês escrito são coisas diferentes, portanto, é importante você conseguir fazer os dois.

E para quem está buscando aprender inglês com música, nada mais natural do que continuar esse estudo para a fala também.

Neste post, eu explico o passo a passo para você fazer um exercício em inglês conhecido como Drilling. É por meio dele que você consegue, aos poucos, soltar a fala em inglês. Lembre-se que “aprender inglês” é um processo multifacetado, então cada exercício vai te ajudar com uma coisa diferente.



Isso basta?

Eu adoraria dizer que sim, mas vou te jogar a real: não. Exercícios em inglês com música, sem música, ou soltos na internet vão te dar uma base. Mas vai ser bem difícil você conseguir realmente aprender e alcançar a fluência somente com isso. Não que seja impossível – mas você tem tempo para ir fazendo e fazendo e fazendo?

Se a resposta for “não”, você também precisa de um apoio direcionado. E nada melhor do que um curso de inglês para isso. Nós, da Flipping It, estamos aqui exatamente para isso. Iremos te dar um foco de estudo e caminhar com você pelo processo de aprendizagem.

E faremos isso utilizando a combinação do inglês online com o inglês presencial. Assim, otimizamos o seu tempo e permitimos que você aprenda de uma forma dinâmica.

Portanto, FALE CONOSCO que eu estou bastante curioso para te conhecer melhor e poder criar uma rota de aprendizagem feita somente para você!

Leia também:  Inglês com música: comece agora seguindo o passo a passo!

Nos vemos em breve!



Quem leu este texto, também leu...

Curtiu? Compartilhe!

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Deixe seu comentário!

Fica, vai ter bolo! E um ebook com...

5 dicas para criar um currículo em inglês!