Como arrumar briga em inglês?

A gente sabe que você está aí de quarentena, cuidando de si e do próximo. Mas conta pra gente: quantas vezes cê já arrumou briga aí com a família, o marido, a esposa, a irmã, o gato…? Pois é, maior tempo de convivência e o estresse natural da crise faz a gente ficar com os nervos à flor da pele. Normal. E pra brigar em inglês, então? O nervosismo não te deixa pensar, as diferenças culturais atrapalham e, vira e mexe, a gente quer soltar aquela expressão em português e não tem nem ideia de como dizer aquilo (e eu já falei aqui, no meu primeiríssimo post, que tradução nem sempre é uma boa ideia, né?).


Você precisa saber que não, nem tudo tem tradução ou mesmo um equivalente (a Jackie do canal Ask Jackie tem alguns exemplos de palavras sem tradução para o inglês nesse vídeo aqui). Mas a gente pode tentar chegar perto do que queremos dizer. Então, conversando com as amigas que moram na gringa como eu (obrigada, meninas!), reuni 5 expressões brasileiras que a língua coça pra falar em inglês naquele momento de raiva e de tensão e que a gente não sabe como. Vamo lá?



1. Jogar na cara


Pin em Imagens de
Primeiro vamo arrumar briga, depois o WhatsApp

Tem gente que não esquece o passado, não é mesmo? E não perde a chance de trazer à tona aquele erro que você cometeu anos atrás, quando vocês tiveram AQUELA briga. Jogar na cara em inglês é bem parecido com o português, só não pode esquecer de adicionar uma palavrinha aí no meio: back. To throw it BACK in one’s face pode tanto ser usada para rejeitar um conselho ou um pedido de desculpas (como nesses exemplos aqui do The Free Dictionary), quanto com o sentido de trazer de volta um assunto, o nosso jogar na cara:


Você fica jogando isso na minha cara o tempo todo! Você não pode simplesmente esquecer isso?
(You keep throwing this back in my face all the time! Can’t you simply forget it?!!)



2. Ele é sem noção!


Você já deve ter ouvido a palavra nonsense em algum lugar. Mas não se engane. Apesar da semelhança, nonsense significa algo que não faz sentido (seja uma ideia ou um comportamento) e não exatamente uma pessoa sem muito bom senso ou fora da casinha, como a gente diz em alguns estados brasileiros. Algumas expressões são mesmo muito difíceis de traduzir – ainda mais essa que é tão brasileira – mas dá pra passar a mesma ideia.

Leia também:  Como dizer "passar o rodo" em inglês?

Uma forma de dizer que alguém é sem noção é dizer simplesmente he has no common sense at all (ele não tem o menor bom senso) ou ainda o idiom ain’t got a grain of sense (ele não tem um grão de bom senso, em tradução literal), como nesse exemplo do The Free Dictionary:


Jimmy almost crossed the street without looking up from his cell phone. He ain’t got a grain of sense!
(Jimmy quase atravessou a rua sem tirar os olhos do celular. Ele não tem a menor noção!)


Mas, convenhamos né? Alguém sem noção, para nós brasileiros, é muito mais do que alguém que só atravessa a rua sem olhar por estar grudado no celular! 🤣


Como dizer “pegar ranço” em inglês?



3. Que cara de pau!


Essa é provavelmente uma das que a gente mais fala. Afinal, quem nunca se deparou com aquela pessoa insolente que não tem a menor vergonha de mentir descaradamente ou aparecer na sua festa depois de todos os desaforos (outra que eu adoro) que te falou?


Mas ao contrário do que diz a Lady Gaga, cara de pau não é poker face (sorry, guys). É difícil achar um adjetivo para a pessoa (“ela é muito cara de pau”, por exemplo), mas dá pra usar tranquilamente to have the nerve ou to have the guts to do something (algo como ter a cara de pau ou a coragem de fazer/dizer alguma coisa):


She had the nerve to say I was being unreasonable, can you believe it?
(Ela teve a cara de pau de dizer que eu estava sendo injusta, você acredita?)


A expressão what (a) nerve dá também exatamente a ideia do subtítulo desse post: Que cara de pau! Com aquele tom de indignação que só uma fala desaforada causa, como nesse exemplo também do The Free Dictionary:


What a nerve you’ve got—how dare you suggest something so horrible!
(Que cara de pau a sua – como você tem coragem de sugerir uma coisa dessas?!)



4. Releva!

A famigerada passadinha de pano

E se há momentos em que a gente perde a cabeça, há também aqueles que a gente tem que relevar. Isso porque somos humanos e, portanto, erramos, mas também porque às vezes a pessoa em questão está passando por uma fase difícil ou tem um histórico difícil. E isso tudo envolve contexto, cultura, maturidade ou experiência (ou a falta de) e por aí vai. Mas como você pode dizer isso em inglês? Bem, depende um pouco do contexto. Nesse caso, você pode usar o idiom to cut someone some slack, que dá a ideia exatamente de não julgar como de costume, já que a pessoa está passando por uma barra. Olha esse exemplo:

Leia também:  Como dizer "vender igual água" em inglês?

A: Mary has treated me so badly lately. She didn’t use to be like this…
B: Oh, cut her some slack. She’s been through a very complicated divorce.

(A: A Mary tem me tratado tão mal ultimamente. Ela não era assim…
B: Ah, releva. Ela está passando por um divórcio bem complicado.)


A expressão vem do sentido de afrouxar uma corda (slack é frouxo em inglês). Ou seja, aliviar uma restrição dura.


Já quando você perdoa ou deixa passar alguma atitude (seja porque a pessoa está passando por um momento difícil ou não), você pode usar to overlook, como nesse exemplo aqui do Cambridge Dictionary:


I’m prepared to overlook his behaviour this time.
(Estou preparada para relevar/deixar passar o comportamento dele dessa vez.)


Como dizer “baixar a bola”em inglês?


5. E daí? E o kiko?


so what p!nk gif | Tumblr

E quando a pessoa fala algo que não tem absolutamente nada a ver com o assunto e a vontade é de soltar um e daí? E o kiko? (o nosso bom ‘o que que tenho a ver com isso?’, que soa como ‘kiko que eu tenho a ver com isso?’). Bem, a não ser que você seja o presidente do Brasil em plena crise de pandemia (👀), nada. Daí você pode fazer como a diva pop Pink! e soltar um so what?


A: Anna won’t be very happy with this…
B: So what? That’s not my fault. I have nothing to do with this situation.

(A: A Ana não vai gostar nada disso…
B: E daí? Não é culpa minha. Eu não tenho nada a ver com essa história)


Dica da Lidi:
as séries de TV estão recheadas de gírias e expressões. Uma delas, que tenho assistido recentemente, é The Good Place (a segunda temporada deixa um pouco a desejar, mas eu me divirto com a fala dos personagens). Não é muito a sua praia? Veja Friends, The Office, qualquer coisa que você goste e que ajude a dar um up nesse inglês aí.

Leia também:  O que significa "another one bites the dust" e outras expressões das músicas do Queen?

E se tiver mais coisas que você gostaria de saber em inglês, mande pra gente!

Quem leu este texto, também leu...

Curtiu? Compartilhe!

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Deixe seu comentário!

Fica, vai ter bolo! E um ebook com...

5 dicas para criar um currículo em inglês!