Trava na fala? Como se livrar dela em 4 passos

Pense aqui comigo: chegou um gringo na empresa. Ele começou a falar com um pessoal, o que te inclui. Quando chega a hora de falar, você trava. Faltam palavras, surge o medo, as pessoas ficam de olhando, a palavra não vêm. Silêncio. As pessoas estão esperando. Não rolou. Vergonha. Deus nos livre dessa trava na fala.

Há uns meses, a gente já tratou de 5 formas fáceis de melhorar o listening hoje mesmo. Hoje, vamos tratar de trabalhar a sua fala (speaking, para íntimos).

O problema é que se você continuar não conseguindo falar, especialmente em ambientes de trabalho, você pode acabar perdendo o emprego. E perder o emprego, como todo mundo sabe, é o terror de qualquer pessoa. Pra resolver isso, você precisa remover de uma vez por todas essa trava na sua fala com as dicas que vou te dar. Fazendo isso, você ganha confiança na hora de falar, facilidade ao se expressar, a possibilidade de mostrar o seu trabalho para o mundo e, ainda, quem sabe, uma promoção (mais dinheiro!).



A Língua Franca e a falta de confiança


Cada vez mais, o inglês ganha o status de Língua Franca, ou internacional. Ou seja, cada vez mais você tem gente que não possui inglês como língua nativa. Isso significa que ele é usado no mundo todo, e também significa que essa galera toda passou por todas essas dificuldades que você, como aprendiz, está passando agora. Então existe salvação, e hoje vou te ensinar a como tomar controle de uma vez da fala em inglês.

Você não deve se sentir mal por não conseguir falar tão já – afinal, você está aprendendo, e todo mundo passa por isso. Não vá pensando que é incompetência sua, ou que inglês é difícil demais, ou, pior ainda, que é burrice. Na verdade, dependendo da situação, até falar na sua língua é difícil. Nervosismo é o maior problema que alguém pode ter na hora de falar, e, quando você está usando uma segunda língua sem ter o hábito, o pânico é o primeiro que bate.

Existem, porém, outras causas também. Falta de vocabulário, falta de costume, não saber a pronúncia correta, não saber linkar as palavras (e começar a soar esquisito para quem está te ouvindo), e, acima de tudo, não conhecer as estruturas usadas para a situação em que você está falando. Tem também a questão da falta de confiança, que vamos tratar ao final desse post.

Leia também:  Inglês com música: comece agora seguindo o passo a passo!

As 4 dicas que vou te contar agora, são coisas que eu fiz enquanto aprendia inglês e que, agora, sendo professor há anos, vejo dar bastante resultado nos meus alunos. Bora lá?



1 – Repita o que você ouve


Pense em uma criança: a primeira coisa que ela faz é falar ou ouvir? Isso mesmo, ouvir. A “fala” só vem depois. Claro que existem várias diferenças entre o ensino de uma criança e o de uma segunda língua para adultos (assim, muitas mesmo), mas pode ter certeza, quanto mais você ouvir, mais fácil é para você conseguir “imitar” o que ouve, e falar mais naturalmente. Preste atenção no que você ouve, e repita com outras pessoas.

Agora, onde você vai ouvir? É aqui que entra a diversão: Netflix! Mas Netflix com um tweak. Legenda em português é legal, mas você já tentou com legenda em inglês? Se você já tiver uma noção intermediária de inglês, colocar a legenda em inglês vai melhorar não só o seu ouvido, mas, consequentemente, a sua fala. Quanto mais você ouve em inglês e entende o que está sendo dito, mesmo que superficialmente (daí, as legendas), mais fácil fica para você repetir aquilo posteriormente. Se em um único episódio você conseguir perceber o uso de 2 ou 3 frases específicas, imagina o que você já vai saber no fim de 3 temporadas. 😎



2 – Força nesse vocabulário


Já te falei pra ouvir antes de falar, agora vou te falar pra ler também. Mas, de novo, ler com um tweak: você deve ler pelo vocabulário. Antes de falar, você deve ter o que falar, e você só tem o que falar se tiver palavras para tal. Não é nenhuma novidade para nós, professores, que quem tem a fala travada mas lê bastante, se livra dela mais facilmente do que quem não lê absolutamente nada. Para quem lê, as palavras já estão ali, é só por elas na boca. Agora, quem não lê…

Se você topar o desafio de ler um livro em inglês, go for it. Mas existem outras formas mais fáceis de fazer isso. Coloque o seu celular em inglês e abra o app do Google (seja iPhone ou Android). As notícias ali, agora, estão em inglês. E, o melhor: o Google já sabe do que você gosta (não vamos discutir como, ok?), então há grandes chances de o que você for ver ali, já ser do seu interesse. Vá salvando as palavras que forem novas para você em um bloquinho de anotação no próprio celular mesmo ou na mão.

Leia também:  Inglês online, presencial ou os dois?

Você também pode apelar pra jogos, tais como o Tinycards, que a gente usa bastante aqui na Flipping It, ou qualquer um dos milhares que você acha na Play Store ou na Appstore. Uma busca com “Vocabulário em inglês” já vai te ajudar horrores!



3 – Pratique na vida real


Não é nenhuma novidade que fazer um curso de inglês, especialmente em uma sala de aula invertida, que tem todas as aulas voltadas para a prática, é uma das melhores opções de investimento que você pode fazer para perder a sua trava na fala de uma vez por todas. Porém, existem outras soluções que você pode usar agora mesmo.

Agora que você já passou pelo 1 e 2, você já tem palavras e estruturas o suficiente para realmente ir para a prática. Um bom começo é buscar sites ou aplicativos que te conectem com estrangeiros. O WeSpeke é um deles.

Agora, se você for como eu, que não tem paciência para ficar puxando conversa à toa “só pela prática”, você pode ser mais agressivo(a) fazendo um desses três (ou os três mesmo):

  • Aposte em games. Encontre um jogo que você goste e, ao invés de ficar em um servidor brasileiro, dê a cara à tapa em um servidor americano/global. As chances de você ser forçado(a) a falar com algum estrangeiro são altíssimas, e a necessidade vai te forçar a falar (mesmo que você tenha vergonha). De quebra, você ainda pode encontrar um novo passatempo. Adeus trava na fala.

  • Vire a chave na sua cabeça. Ao invés de pensar “eu preciso ir ao mercado mais tarde”, troque para o inglês. “I need to go to the supermarket later”. Quanto mais você fizer isso, mais você se força ao tal do “pensar em inglês”. Quando você menos percebe, o “pensar em inglês” escapou pela sua boca – and you didn’t even notice.

  • Use a música. Pegue as letras e CANTE! Chega de enrolation. Fizemos 2 postagens especificamente para música. É só clicar no primeiro aqui e no segundo aqui.
Leia também:  Como aprender a falar inglês naturalmente


4 – Aposte em pronúncia


Aqui na Flipping It, todas as nossas aulas forçam bastante na pronúncia correta das palavras – e, além disso, em como os sons em inglês funcionam (teachers, this is for you: IPA, you know?). Ou seja, muito mais do que pedir para você “falar direito”, a gente te mostra como você vai fazer a sua pronúncia melhorar, som a som, letra por letra, sílaba por sílaba.

Invista bastante em sua pronúncia, especialmente em “linking sounds“, que são como as palavras em inglês se unem quando você fala. Por exemplo, “all I need“, definitivamente não soa como “au ai nidi“. “All” e “I” se unem para soar como “aulai“. Quanto mais você praticar essas junções, mais fácil fica para você se comunicar.



Um extra, para a falta de confiança:


Ainda nesse assunto, nós criamos um vídeo que vai te ajudar em um ponto bem importante que mencionei lá em cima: a confiança na hora de falar inglês. São 3 dicas simples para você começar a melhora a sua confiança. É só dar play:





Não desista!


Existem, além dessas 4, diversas outras formas de perder a sua trava na fala. Lembre-se que cada pessoa é diferente, e o que funciona para um, pode não funcionar para outro. Entretanto, essas 4 dicas são coisas que eu mesmo fiz enquanto aprendia inglês e perdi de uma vez por todas a minha trava na fala como aluno. Posso garantir que foram transformadoras para mim.

Outro detalhe importante: não desista. Você não vai na academia por uma semana e espera ter o corpo dos sonhos. Você vai de novo e de novo. Por que com inglês seria diferente? Insista. Refaça. Esforce-se. Lembre-se que se UMA pessoa conseguiu, é possível. E se é possível, você pode. É só fazer e refazer, até falar em inglês ser natural. Ninguém começa do topo. 😎

Quem leu este texto, também leu...

Curtiu? Compartilhe!

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Deixe seu comentário!

Gostou e quer melhorar seu inglês?

Deixei seu contato e nossos especialistas em ensino de inglês falarão com você para esclarecer qualquer dúvida, verificar disponibilidade de horários, conversar sobre valores e entender tudo sobre as suas necessidades.

Quer falar inglês, @?

Deixe seu contato que a gente conversa com você!