Inglês online, presencial ou os dois?

Para o estudante de inglês, hoje existe a possibilidade de fazer curso online ou híbrido, sem precisar frequentar, quase que diariamente, uma escola. Mas será que essas opções são tão boas quanto o curso presencial? Pois seus problemas acabaram: é justamente isso que vamos discutir neste artigo.

Primeiramente, devemos lembrar que sempre há vantagens e desvantagens em cada caso, que variam de pessoa para pessoa. Como cada um tem suas preferências no que diz respeito ao método, o que é bom para um aluno de inglês pode não ser para outro.

Segundamente, nós vamos comparar cada modalidade de curso para você tirar a sua conclusão.



Curso de inglês presencial


O curso presencial é uma excelente opção para os alunos que só conseguem aprender adequando o curso a uma rotina. Há hora marcada, o encontro com o professor e a turma, e a interação advinda disso. Então, quando surge uma dúvida, você não precisa esperar pela resposta.

O dinamismo de se estudar com outros alunos também tem seus pontos favoráveis. Você pode conversar mais, trabalhar em grupos e melhorar sua conversação. Sabemos a importância de tentar conversar com naturalidade para evoluir em uma língua estrangeira. Bater um papo em inglês com a galera parece bobo, mas vai criando o hábito em você aos poucos.

Além disso, o curso presencial nos “obriga” a mantermos uma rotina fixa de estudos. De certa forma seu foco está no curso, e por isso tem menos distrações em casa. Ao frequentar as aulas, você tende a se engajar e se motivar para, enfim, terminá-lo.



Curso de inglês online


O curso online permite que você fique em casa, contando apenas com o material de estudos e a tecnologia. Por isso, é ideal para alunos com pegada autodidata, pois permite que você adapte o curso a sua forma de estudar. O conteúdo está disponível 24 horas por dia e 7 dias por semana para você fazer seu horário.

Leia também:  Como aprender a falar inglês naturalmente

Além disso, por ter acesso ao conteúdo pela internet, você tem mobilidade, podendo acessar o curso remotamente. É possível estudar no ônibus para o trabalho ou em uma rede de fora da casa. Afinal, basta ter um dispositivo com internet.

Para quem não gosta de se locomover, ou mora longe do curso de inglês, o online é ideal. Mas ó: é para estudar viu? Não é porque tá com o computador ali, com internet, que vai largar mão do curso para ver série!



Curso híbrido (online + presencial)


Já o curso híbrido combina atividades presenciais com estudo EAD (ensino à distância). Por isso, podemos dizer que ele junta o melhor dos dois mundos. O aluno tem a flexibilidade de estudar em casa, fazendo seu horário, mas também tem a interação e a orientação do professor em aulas presenciais. Sabe aquela coisa de ter o professor com você? E sabe também aquela coisa de ter o que estudar em qualquer horário e lugar? Um curso híbrido é isso ✌

O estudante deverá comparecer no horário marcado, mas não são tantas aulas como no curso presencial, o que economiza a agenda do aluno. Nem todo mundo pode parar 2, 3 vezes na semana, né?

Além disso, você pode organizar seus estudos com orientação do professor, o que facilita para estudantes que possuem essa dificuldade em ensino online.

Outra vantagem é que os cursos híbridos seguem uma metodologia diferente, uma vez que combina estudos presenciais e não presenciais. Então o aluno tem tudo para pegar o conteúdo e fixar na memória, respeitando sua independência nos estudos, e ainda tem o professor com ele para o que precisar. Bem massa né?



E qual é pra você?


Seja no full online ou no híbrido, a Flipping pode te ajudar. Temos curso de inglês com TED Talks, curso de inglês para negócios e tudo isso também elaborado para a sua empresa. Tudo no modelo híbrido e no online! Se você ainda estiver na dúvida de qual você deve fazer, dá um toque aqui no nosso WhatsApp que a gente conversa sobre qual é a melhor opção pra você 😉

Leia também:  Como escolher a melhor metodologia de estudo para você?

Quem leu este texto, também leu...

Aprenda Mais
Lidiane Aires

Como fiz para aprender inglês?

Vira e mexe, um ou outro aluno me pergunta: “teacher, como você aprendeu inglês?”. Assim. No pretérito perfeito. APRENDEU. Mal sabem eles que, na verdade,

Leia mais »

Curtiu? Compartilhe!

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Deixe seu comentário!

Fica, vai ter bolo! E um ebook com...

5 dicas para criar um currículo em inglês!