O que significa “another one bites the dust” e outras expressões das músicas do Queen?

Demorei, mas finalmente assisti Bohemian Rhapsody. E saí do cinema extasiada. Primeiro que, como fã de rock, acho o Queen uma das melhores bandas dos últimos tempos e ver uma atuação brilhante ao interpretar o maior responsável por esse sucesso foi mesmo de emocionar. Também acabei por ouvir algumas músicas que já não ouvia há algum tempo. Another one bites the dust foi uma delas. E batendo o pé no ritmo da música (é impossível ficar parado!), me liguei que precisava escrever sobre to bite the dust e sobre outros idioms que aparecem nessa canção da banda.



Comendo poeira!


No refrão, Freddie Mercury canta: another one bites the dust/And another one gone, and another one gone/Another one bites the dust.

Another one bites the dust? Mais um morde a poeira? And another one gone? E mais um se vai? Sim, mas a pessoa não morre, necessariamente. Sabe numa corrida, quando alguém tropeça e cai de cara no chão? Ou seja, come poeira? É isso aí. Então comer poeira é o equivalente em português? Eu diria que não, já que comer poeira em português quer dizer, na verdade, deixar o adversário pra trás, o que não é exatamente a mesma coisa. To bite the dust é cair morto, ser derrotado, fracassar. Como numa competição.

A expressão também pode ser usada para se referir a ideias, conceitos e empreendimentos. A empresa está mal das pernas e acaba falindo? It bit the dust. (O passado de bite é bit. #ficaadica). Uma ideia perde a força e cai por terra? It bit the dust. É uma maneira brincalhona de dizer que algo avacalhou, deu ruim. E, claro, também dá pra usar com um sentido mais literal. Se alguém leva um tiro e cai morto, he/she bit the dust. Morreu. Bateu as botas. Passou dessa pra melhor. (Dá só uma olhada nesse comercial da AIWA de 1998 que brinca com a ideia usando a música).

Leia também:  O que significa "to beat a dead horse"?


Morreu ou foi derrotado?


Qual das duas ideias foi expressada na música do Queen? Difícil dizer. Assim como em Bohemian Rhapsody, a letra dá margem para várias interpretações. E a banda parece ter mesmo sempre preferido assim. Porém, como a música descreve um cara meio suspeito, andando armado e tentando esconder o rosto com um chapéu, além de citar shooter (atirador), é provável que seja mesmo no sentido de morrer. E o povo dá suas versões. Há quem diga que ela foi baseada num documentário sobre o Massacre de São Valentim nos tempos da Lei Seca americana, em 1929 (pois é!). E como John Richard Deacon, baixista e compositor do hit, é muito recluso e raramente dá entrevistas, a gente fica com a versão do público mesmo.



Bang bang!


A origem da expressão, segundo o The Free Dictionary, data de 1750, mas sua popularização veio mesmo com os filmes de faroeste dos anos 30. Sempre que um cavaleiro acertava o inimigo, que caia morto no chão, dizia-se: Another redskin bites the dust. Redskin era como os índios norte-americanos eram chamados (e que posteriormente virou o nome de um time de futebol americano de Washington, capital dos States).

Nosso expert em idioms, Gary Martin, confirma que a expressão foi registrada pela primeira vez em 1750, mas dá outra versão da história. De acordo com seu site, the Phrase Finder, a mesma ideia é expressa por lick the dust (lamber a poeira), que tem origem bíblica e pode ser encontrada no salmo 72. Ou seja, bite the dust pode ter derivado daí. E seu significado ser ainda beeeeem mais antigo.



Eles estão por toda parte!


E tem mais! Mais à frente, a letra cita mais um idiom: But I’m ready, yes, I’m ready for you/I’m standing on my own two feet/out of the doorway the bullets rip/Repeating to the sound of the beat oh yeah. Pegou qual é? To stand on one’s feet or two feet (levantar-se ou ficar de pé nos dois ou nos próprios pés, em tradução literal) significa ser independente, se virar sem ajuda de ninguém. Dá uma olhada nesse exemplo do Cambridge Online Dictionary.

E como o tal do Steve da letra parece ter levado um pé na bunda e saído atirando em consequência disso (essa é minha interpretação, tá gente?), até que faz sentido.

Leia também:  Dormir no ponto e outras expressões com perder uma oportunidade

Queen pode até ser complexo, confuso. Mas os caras mandavam muito bem. E de quebra te ensinam uns idioms ainda hoje.

Quem leu este texto, também leu...

Curtiu? Compartilhe!

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Deixe seu comentário!

Fica, vai ter bolo! E um ebook com...

5 dicas para criar um currículo em inglês!