O que significa “feel blue” e outras expressões com azul

As cores são de fato uma categoria muito rica no universo dos idioms. O azul da cor do céu, do mar e dos últimos acontecimentos políticos é, no entanto, muitas vezes associado a emoções, mais especificamente à tristeza (que o diga o personagem Sadness, da animação da Pixar Divertida Mente).


I got the blues


I’m feeling blue e suas variáveis have the blues e get the blues são expressões bem comuns e dão até nome a filmes e músicas (a da britânica Joss Stone e dos Rolling Stones são minhas favoritas). São usadas quando se quer dizer que está triste ou deprimido, seja qual for a razão:

I don’t wanna go out. I’m feeling blue.
(Eu não quero sair. Tô me sentindo pra baixo.)

Mas por que blue e não grey (geralmente uma cor associada a dias tristes e cinzas)?



Índigo blue


De acordo com o Dictionary.com, o uso de blue como sinônimo de tristeza data de 1300. Outros sites como o Theidioms.com citam que, em 1800, a cor era associada a pacientes em estado terminal, momentos antes de falecerem (sinistro!).

Mas uma matéria do Huffpost de 2016 traz ainda outras versões para a origem da expressão, todas relacionadas à morte. A primeira delas é a de que os navios tinham a tradição de hastear uma bandeira azul quando o capitão ou qualquer outro oficial morria. Já a segunda se refere ao misticismo envolvendo o índigo blue. Em cerimônias de luto nas culturas do oeste africano, essa tonalidade de azul (na minha opinião, a mais bonita! Dá uma “googlada” pra você ver) dava cor aos trajes dos participantes para indicar sofrimento diante da morte de um ente querido.

Assim, podia-se ouvir escravos que trabalhavam nas planatações de algodão na América do norte, cantarolando canções se referindo a the blues.



Colarinho azul


E por falar em trabalhadores, sabe como os norte-americanos se referem à classe operária trabalhadora que realiza trabalho manual (ou os nossos “peões”, na língua portuguesa, aqueles que fazem o país funcionar)? Blue-collars (ou colarinho azuis).

Isso porque essa era a cor dos uniformes dos trabalhadores, que, como se sujavam muito, precisavam usar cores escuras do tipo denim.
(Segura a diva Lady Gaga usando a expressão para falar do pai dela nessa entrevista).

Leia também:  A morte dos idioms: por que "to bring home the bacon" pode desaparecer?

A expressão data dos anos 30, segundo o Merriam Webster e hoje é usada também em outros países de língua inglesa com o mesmo significado.



Azul é a cor mais quente


Mas nem só de morte (e de polêmicas de gênero) vive o azul. Ele é usado também numa expressão também bem conhecida, para se referir a algo inesperado, que te pega de surpresa.

Se liga nesse trecho da melódica Someone Like You, da Adele:
I hate to turn up out of the blue, uninvited, but I couldn’t stay away, I couldn’t fight it
(Eu odeio aparecer do nada, sem ser convidada, mas eu não pude ficar longe, eu não pude evitar)

Além de out of the blue, você também pode usar a bolt from the blue ou a bolt out of the blue (menos comuns hoje). De acordo com o The Phrase Finder, a primeira citação data de 1837, e se refere à uma completa surpresa, “like a bolt of lightning from a clear blue sky” (como um relâmpago em um céu claro e azul).

Tem essas e muitas outras expressões, que a gente vai aos poucos apresentando aqui, pra você fazer bonito na gringa. Sobre a cor que você quiser. Ouviu alguma e quer saber mais a origem e o significado? Manda aqui pra gente.

Quem leu este texto, também leu...

Curtiu? Compartilhe!

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Deixe seu comentário!

Gostou e quer melhorar seu inglês?

Deixei seu contato e nossos especialistas em ensino de inglês falarão com você para esclarecer qualquer dúvida, verificar disponibilidade de horários, conversar sobre valores e entender tudo sobre as suas necessidades.

Quer falar inglês, @?

Deixe seu contato que a gente conversa com você!